Make your own free website on Tripod.com

Luciano Balbinot

Prevenção

Home
Avaliação Física
Sistemas de Avaliação
Prescrição de Exercícios e Treinamento
Prevenção
Reabilitação Física
Personal Trainer
Educação Infantil
Contato

Importância da prevenção

 Um estudo realizado por médicos da universidade de Harvard, nos E.U.A, mostra como mudanças no estilo de vida podem ajudar na prevenção primária de doenças do coração. 

Ter uma dieta equilibrada +

Não fumar +

Praticar exercícios
regularmente          =

Redução no risco de 57%

Ter uma dieta equilibrada +

Não fumar +

Praticar exercícios regularmente +

Manter o peso ideal =

Redução no risco de 66%

Ter uma dieta equilibrada +

Não fumar +

Praticar exercícios regularmente +

Manter o peso ideal +

Consumir meia taça de vinho por dia   =

Redução no risco de 83%

Descrição dos principais fatores de risco de doenças coronárias:

  

Hereditariedade

Pessoas com avós, pais ou irmãos que já sofreram um infarto, tem 3 vezes mais probabilidade de serem vítimas de um ataque do coração.

Hipertensão

60% das mortes por derrame estão relacionadas a pressão alta;
40% dos óbitos por infarto ídem entre os hipertensos, triplicam os risco de doenças cardiovasculares.

Sedentarismo

Em comparação ao indivíduo fisicamente ativo, o sedentário tem 40% a mais de probabilidade de sofrer um infarto.

Tabagismo

Quem fuma 20 cigarros por dia, corre 3 vezes mais risco de sofrer um infarto que um não fumante.

Colesterol

Grandes quantidades de colesterol no sangue, no mínimo triplicam os riscos de desenvolver doenças cardiovasculares.

Obesidade

O obeso é 2 vezes mais propenso a ter uma doença do coração.

Diabetes

Entre os homens, os diabetes dobram o risco de doenças cardiovasculres. Entre as mulheres quintuplica.
O tratamento adequado do diabetes reduz 35% o risco de doenças cardiovasculares.

Estresse

O estresse duplica a possibilidade de ocorrência de algum distúrbio cardiovascular.

lu2.jpg